projeto piloto da Real Digital vai começar já, diz Campos Neto

Durante uma apresentação no BTG Pactual CEO Conference 2023, o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, declarou oficialmente que o projeto-piloto do Real Digital vai “começar já”. No entanto, o presidente não deu mais detalhes sobre datas e o escopo deste projeto-piloto.

No evento, Campos Neto reforçou que o Real Digital será uma CBDC para o atacado, ou seja, para empresas e que a população terá contato com a CBDC via depósitos tokenizados e convertidos em stablecoins emitidas por bancos e instituições aprovadas pelo BC, “bancos começarão a ter mais digitalização nos seus balanços”.

Campos Neto, que deve terminar seu mandato a frente do Banco Central no final de 2023, declarou ainda que sua intenção é deixar o cargo no regulador com algumas das principais metas da Agenda BC# executadas, como a integração do Pix com o Open Finance e ambos com o Real Digital.

Pouco antes de sua participação no evento do BTG, Campos Neto participou do programa Roda Viva, na TV Cultura, na qual também declarou que o Real Digital é uma prioridade do Banco Central e que ele irá preparar o país para uma nova era de economia digital com contratos inteligentes.

“Eu gostaria de conectar, no mundo digital a gente tinha três grandes blocos, gostaria de conectar os blocos, que é o PIX, com Open Finance, com a moeda digital. A gente já tem o piloto da moeda digital, que vai começar a rodar em breve. Eu acho que essas três coisas podem mudar a história da intermediação financeira no Brasil, transformando nosso sistema em uma coisa eficiente e hoje no mundo não tem ninguém tão avançado”, disse no Roda Viva.

Real Digital

Tendo o Ethereum como inspiração, o Real Digital está sendo desenvolvido em blockchain e conforme já declarou Campos Neto, ele será uma espécie de token nativo de um grande ecossistema e, para isso, bancos e instituições financeiras devem poder tokenizar depósitos com a finalidade de habitar estas novas funcionalidades.

“Os bancos podem ter permissão para tokenizar depósitos para serem usados ​​em um novo plataforma de intermediação, em conjunto com um CBDC, com acesso a dinheiro programável e funcionalidades de contratos inteligentes”, afirmou em sua apresentação.

O presidente do BC afirmou também que o Real Digital irá habilitar o sistema financeiro nacional para aplicações voltadas a Internet das Coisas (IoT) e que estuda como a plataforma do Real Digital poderá ser conectada com as plataformas atuais de blockchain públicas como Ethereum (ETH), Binance Smart Chain (BSC), Solana (SOL), Cardano (ADA), Tron, entre outras.

Embora tenha garantido que o Real Digital não é a morte total do dinheiro físico, destacou que um dos propósitos do CBDC é diminuir a circulação do papel Moeda.

LEIA MAIS

Fonte

Related articles