Lançamento do GPT-4, nova versão do ChatGPT, impulsiona alta de 30% em criptomoedas de inteligência artificial

As criptomoedas ligadas a propostas de unir tokenização e inteligência artificial (IA) estão atraindo cada vez mais atenção no mercado e impulsionando um novo hype no setor. Nesta semana, após a OpenAI lançar uma nova atualização para o popular ChatGPT, o GPT-4, os criptoativos baseados em IA registraram altas de até 93%.

No caso do GPT-4 a nova atualização da Openai permite ao chat aceitar imagens e agora a nova versão pode compreender com precisão até 26 idiomas, embora possa oferecer respostas em mais de 100 idiomas.

O GPT-4 também passou em vários exames profissionais e acadêmicos melhor do que a versão GPT-3.5. Além disso, nesta semana, foi demonstrado que o GPT-4 é capaz de revisar um contrato inteligente da Ethereum e identificar bugs e vulnerabilidades específicos.

“Coloquei um contrato Ethereum ativo no GPT-4. Em um instante, destacou uma série de vulnerabilidades de segurança e apontou áreas de superfície onde o contrato poderia ser explorado. Em seguida, verificou uma maneira específica pela qual eu poderia explorar o contrato”, disse o diretor da Coinbase, Conor Grogan.

O hype em torno da nova versão do GPT-4 impulsionou os tokens de inteligência artificial, com o Quadency (QUAD) registrando a maior alta, com 93% de valorização. No entanto, a grande maioria dos tokens que unem IA e blockchain são de baixa capitalização e são muito propensos a ações de pump e dump. 

Entre as 100 maiores criptomoedas do mercado, o destaque entre os tokens de IA é o SingularityNET (AGIX) que acumula uma alta de 42% e o Fetch.ai (FET) com alta de 26%.

10 criptomoedas de IA para acompanhar em 2023

Diante deste novo hype envolvendo blockchain e inteligência artificial e o potencial que a combinação destas tecnologias pode oferecer, analista sdo CoinEdition indicaram 10 criptomoedas de IA para acompanhar em 2023.

1- The Graph (GRT) é um protocolo de consulta descentralizado para blockchains que permite criar Dapps em Ethereum e IPFS usando GraphQL. O projeto busca aprimorar a experiência da Web3 e permite que qualquer pessoa crie e publique APIs chamadas subgráficos. Seu token nativo, GRT, está entre as 100 principais criptomoedas.

2- SingularityNET (AGIX) é uma plataforma que visa criar uma Inteligência Geral Artificial (AGI) descentralizada e democrática. Por meio de sua tecnologia blockchain, permite que qualquer pessoa crie, compartilhe e monetize serviços de IA. O token nativo AGIX desempenha um papel vital no ecossistema, sendo usado para gerenciamento de transações e governança descentralizada.

3- Render Token (RNDR) é a criptomoeda do projeto Render Network, que busca democratizar a renderização em nuvem da GPU. A rede conecta usuários que precisam executar trabalhos de renderização com pessoas que possuem GPUs ociosas. O token RNDR é utilizado para pagar pelos trabalhos de renderização.

4- Fetch.ai (FET) é um protocolo intercadeia baseado no Cosmos-SDK que combina recursos de blockchain e inteligência artificial para permitir acesso a conjuntos de dados seguros. O token nativo FET é usado como principal meio de troca para pagar transações dentro da rede.

5- Oasis Network (ROSE) é uma plataforma voltada para desenvolvedores que visa fornecer uma camada de privacidade para Web3. O token de utilidade ROSE pode ser usado para conduzir transações, staking e delegação na rede.

6- Injective (INJ) é uma rede blockchain de camada 1 projetada para aplicações DeFi. A plataforma integra IA em seus sistemas para oferecer contratos inteligentes de execução automática. O token nativo INJ é utilizado para governança comunitária.

7- Ocean Protocol (OCEAN) é um projeto que visa desbloquear dados para o público, reduzindo o controle monopolista de organizações no setor de dados e IA. O token de utilidade OCEAN permite apostar em dados para curadoria e comprar e vender dados.

8- Exec RLC (RLC): O iExec RLC visa criar a próxima geração da Internet, concentrando-se em conectar provedores de recursos e usuários. Combinando blockchain e computação confidencial, o projeto oferece um ambiente eficiente para desenvolvedores, provedores e solicitantes.

O iExec RLC facilita o acesso a servidores, conjuntos de dados e recursos de computação para Dapps e promove uma Infraestrutura Virtual em Nuvem para fornecer serviços de computação de alto desempenho sob demanda. O token nativo, RLC, é usado para conduzir transações e permitir o acesso a ativos de computação.

9- Inteligência Líquida Artificial (ALI): O token ALI da Althea atua como token de governança, permitindo que os detentores de tokens participem do processo decisório que afeta a plataforma. A Althea AI é conhecida por seus Dapps, como Noah’s Ark e CharacterGPT, e se autodenomina “o primeiro metaverso inteligente do mundo”.

10- Numeraire (NMR): Fundado em 2015 por Richard Craib, o Numeraire é um ecossistema baseado em Ethereum que permite a desenvolvedores e cientistas de dados apresentarem seus modelos de aprendizado de máquina de forma confiável. O projeto é conhecido por ser o primeiro fundo de hedge a lançar uma criptomoeda e utilizar aprendizado de máquina em sua estratégia de investimento.

LEIA MAIS

Aviso: Esta não é uma recomendação de investimento e as opiniões e informações contidas neste texto não necessariamente refletem as posições do Cointelegraph Brasil. Cada investimento deve ser acompanhado de uma pesquisa e o investidor deve se informar antes de tomar uma decisão.

Fonte

Related articles