Investidor azarado troca R$ 10 milhões por R$ 0,25 com um clique errado

Usuário troca 10 milhões por 25 centavos

Related articles

Em meio ao caos que se instalou no mercado de criptomoedas nas últimas horas, um investidor azarado trocou 2 milhões de dólares, cerca de 10 milhões de reais, por apenas US$ 0,05 (R$ 0,25), perdendo todo seu patrimonio devido a um clique errado.

Com os temores de insolvência do USDC, que perdeu a paridade com o dólar neste sábado (11), os usuários estão fugindo para outras moedas, mas escolher o ativo e local errado pode resultar em perdas catastróficas.

Conforme explicado pelo perfil BowTiedPickle no Twitter, o agora ex-milionário usou a ponte de agregação KyberSwap para trocar seus USDC por USDT, passando antes pelo token LP 3CRV/DAI.

Ou seja, para conseguir trocar os tokens USDC por USDT, a plataforma precisaria antes trocar os USDC por 3CRV, depois para DAI e então USDT.

Usuário troca 10 milhões por 25 centavos

A decisão é questionável, já ele poderia simplesmente retirar os USDC da carteira para uma corretora e trocar por USDT, mas aparentemente ele ficou desesperado quando acordou e viu que o USDC havia perdido paridade com o dólar e caído 8%.

A trapalhada, no entanto, não foi em vão, pois criou uma oportunidade para outro investidor que rapidamente aproveitou a chance de ficar milionário e trocou apenas US$ 1,45 de USDC pelos US$ 2 milhões em tokens 3CRV.

O usuário teve que pagar US$ 45 em taxas de transação e mais US$ 33.000 aos validadores que processaram as transações. Um valor pequeno em comparação aos agora R$ 10 milhões na conta.

Esse tipo de negociação é possível porque as pools da Curve estão focadas nas proporções entre os tokens, em vez de simplesmente em seu valor de mercado.

Embora possa parecer estranho e improvável, essas negociações curiosas destacam a complexidade e a dinâmica do mercado de corretoras descentralizadas (DEX), que possuem tokens altamente voláteis e podem apresentar oportunidades e riscos significativos.

Como perder R$ 10 milhões com um clique

No desespero de fazer a troca de USDC, o infeliz investidor se esqueceu de definir a ‘slippage’ (diferença entre o preço teórico da ordem e o preço que ela de fato foi executada) corretamente.

Dessa forma, 54182 unidades de USDC, no valor de cerca de 5 centavos, saem do contrato para a segunda etapa do swap, onde são alegremente trocadas por USDT e seguem para o swapper.

O próximo culpado é a pool UniswapV2 0x7d36fbd3, que fez o trabalho de emparelhar os tokens 3CRV e USDC.

A pool em questão continha apenas dois dólares de liquidez e ficou ociosa nos últimos 251 dias. Os 2 milhões de 3CRV são então processados pela transação, que fez a troca exatamente como o investidor definiu.

Em resumo, o usuário claramente não entendeu e não configurou adequadamente o slippage e a plataforma de troca roteou sua negociação de US$ 2 milhões por meio de uma pool UniswapV2 morta com apenas US$ 2 de liquidez.

USDC por CRV perda
USDC por CRV perda

Kyber Network comenta caso

Ao ser citada por diversos usuários, a Kyber Network, plataforma onde o investidor perdeu 10 milhões, resolveu comentar o assunto.

Em um longo tópico no Twitter, a equipe por trás da empresa disse que o usuário aceitou a troca. De acordo com a empresa, a interface exibiu uma mensagem e talvez ele não tenha entendido, ou clicado sem querer.

A plataforma também reproduziu a situação e mostrou como a interface mostra ao usuário que a troca está com uma slippage alta.

A empresa continuou dizendo que com base no incidente, vai trabalhar para melhorar a interface de modo que mostre que o usuário está perdendo dinheiro conforme configura pontes e tolerâncias de trocas, e disse que vai considerar uma função de reversão imediata se o preço atualizado for muito menor do que o esperado.

A Kyber Network também disse que está tentando entrar em contato com os usuários envolvidos nas transações para tentar resolver o problema. Ela afirmou também que vai tentar entrar em contato com corretoras para bloquear e recuperar os fundos.

O usuário que aproveitou a oportunidade para ganhar R$ 10 milhões, claro, não fez nada de errado e, portanto, pode muito bem decidir por ficar com todo valor, afinal, foi um erro de um terceiro, então a única coisa que poderia fazê-lo “devolver” os fundos seria uma questão ética ou moral.

A corretora descentralizada terminou seu texto pedindo aos usuários que sempre verifiquem as taxas de troca exibidas na interface antes de dar qualquer clique para confirmar transações.



Fonte