5 criptomoedas para ficar de olho apesar das preocupações com o Silvergate e o Fed

Em meio a um alerta sobre o preço do benchmark do mercado de criptomoedas para evitar um possível banho de sangue após a derrocada do Silvergate, banco utilizado por exchanges e outras empresas do ecossistema cripto em operações de pagamento, o Bitcoin (BTC) estava precificado pouco acima de US$ 22,5 mil (+0,30%) na tarde desta segunda-feira (6). Reação que não afastava os riscos decorrentes de uma possível confirmação de falência do Silvergate e de possíveis sinais de uma alta mais elevada na taxa de juros do Federal Reserve (Fed), o banco central dos EUA, no próximo dia 22. 

Por outro lado, apesar do FUD (medo, incerteza e dúvida) entre a maior parte dos investidores, muitos projetos envolvendo criptomoedas avançaram nos últimos dias e seus tokens entraram no radar dos analistas, segundo o que observou uma publicação da Finbold do último domingo (5) elencando cinco tokens para os investidores ficarem atentos ao longo da semana.

Synthetx (SNX)

Um deles é o SNX, token do protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Synthetix Network, que se encontrava precificado em US$ 3,22 (+2,48%). A empolgação se deve ao crescente interesse dos investidores devido às atividades em curso de desenvolvimento de rede. Isso porque o protocolo permite a criação de ativos sintéticos na rede Ethereum (ETH) e acaba de lançar a versão 3 (v3), após auditorias de segurança. Segundo os desenvolvedores, a nova versão apresenta uma arquitetura mais eficiente, possibilitando o desenvolvimento rápido e complexo de aplicativos DeFi, além de oferecer um mercado líquido para qualquer derivativo financeiro, staking simplificado e pools diferenciados.

Optimism (OP)

Outra altcoin no radar dos analistas cripto é o Optimism (OP), a partir do argumento que o token tem experimentado um crescimento significativo em meio à adoção sustentada. Um exemplo é o anúncio da exchange de criptomoedas Coinbase relativo ao desenvolvimento de sua rede de camada dois (L2) para Ethereum utilizando a tecnologia baseada na Optimism, o que resultou em vários períodos de ganhos para o  OP, que era negociado a US$ 2,54 (+3,55%).

Além das parcerias, os dados on-chain indicam que a Optimism está superando seus concorrentes mais próximos nas principais métricas. A plataforma de análise criptográfica Massari, por exemplo, publicou dados sugerindo que a Arbitrum e a Optimism retiveram de 35% a 45% dos novos usuários no curto prazo, mas a Optimism teve uma taxa de retenção mais alta para sua base de usuários de longo prazo. 

Gate Token (GT)

Negociado a US$ 4,93 (-0,83%), o GT, token nativo exchange de criptomoedas da Gate.io, também despertou a atenção dos observadores por causa da possível expansão da plataforma para novas jurisdições. Nesse caso, a solicitação da Gate Group para uma licença TCSP em Hong Kong pode ser a razão por trás desse aumento, já que permitiria que a exchange ampliasse sua presença e serviços na região. Esse movimento segue a tendência crescente das exchanges de priorizar a conformidade com os reguladores globais do mercado de criptomoedas e o resultado regullatório das autoridades de Hong Kong pode influenciar o valor da GT nos próximos dias, na avaliação dos especialistas.

Maker (MKR)

Trocado de mãos por US$ 951,62 (-2,52%), o MKR, token de governança do Maker DAO e do protocolo DeFi Maker, segundo os analistas, destaca-se como um dos ativos de maior ganho no gráfico semanal, cerca de 17% no acumulado dessa segunda-feira. Nesse caso, o otimismo em torno do MKR se deve à recente implementação de taxas de empréstimo mais baixas pela Maker DAO no último dia 1, o que contibuiu para o aumento de ganhos da altcoin. Desde então, houve um aumento de pelo menos 200% no volume de negociação do MKR, impulsionado pelo crescente interesse nas ofertas de empréstimo do Maker. 

Bitcoin (BTC)

De acordo com os analistas, o Bitcoin (BTC) sofreu os impactos negativos da possível crise de liquidez do Silvergate Bank. cenário que gerou pânico no mercado cripto levando o BTC a perder cerca de US$ 1,2 mil em uma hora, invalidando o impulso da criptomoeda em 2023.

Segundo os analistas, apesar do sentimento de baixa, o Bitcoin está mostrando sinais de sua capacidade de resolver deficiências tradicionais do setor financeiro, como a inflação. Para eles, o BTC continua sendo um ativo importante a ser observado, já que o movimento de preços da criptomoeda sempre influencia o sentimento geral do mercado. Com o início da semana, os investidores estarão atentos à situação do Silvergate e suas implicações para o Bitcoin, que também estará sujeito à disputa entre touros e ursos, segundo os analistas cripto. 

Quem não quis tomar conhecimento da instabilidade do mercado de criptomoedas, tampouco dos impactos sofridos pelo Bitcoin foi a baleia que moveu massivamente uma altcoin para a Binance após o anúncio de uma plataforma Web3 em colaboração com Amazon, Meta e Google, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

LEIA MAIS:

Fonte

Related articles