Polygon lança serviço de identidade descentralizada baseado em provas de conhecimento zero

Related articles

A Polygon, um protocolo de escalabilidade de camada 2 para a Ethereum, lançou um serviço de identidade descentralizada baseada em provas de conhecimento zero quase um ano após anunciar o desenvolvimento do projeto.

O serviço Polygon ID usa provas de conhecimento zero (provas ZK) que usam técnicas criptográficas para permitir que os usuários verifiquem sua identidade online sem que suas informações confidenciais sejam reveladas ou potencialmente armazenadas por terceiros.

A Polygon Labs lançou publicamente o Polygon ID em 1º de março, quase 12 meses após o anúncio oficial do projeto.

A equipe da Polygon disse que o Polygon ID foi criado para “resolver a questão da confiança digital.”

IDENTIDADE DE CONHECIMENTO ZERO PARA WEB3

A equipe do Polygon ID tem o prazer de anunciar que 4 ferramentas foram lançadas na #PolygonID Identity Infrastructure para construir uma Internet mais igualitária que coloca a identidade no centro dela.

O futuro é auto-soberano

— Polygon (@0xPolygon)

“O que diferencia o Polygon ID da maioria das outras soluções de identificação descentralizadas é a implementação da tecnologia de conhecimento zero, permitindo que os usuários verifiquem suas identidades ou outras credenciais sem necessariamente revelar informações confidenciais”, disse a Polygon.

O lançamento público do projeto apresenta quatro ferramentas que compõem o conjunto de ferramentas Polygon ID – Verificador SDK, Nó emissor, Carteira SDK e Aplicativo de Carteira. Elas permitirão aos desenvolvedores da Polygon integrar a solução de identidade descentralizada em seus aplicativos.

Gráfico simples que explica como o Polygon ID interage com as credenciais do usuário. Fonte: Polygon

Os usuários poderão produzir provas de conhecimento zero usando credenciais off-chain – como passaporte, carteira de identidade ou diploma de bacharel – para interagir com contratos inteligentes e verificar informações on-chain.

“Isso significa que os dados off-chain agora podem ser usados para verificações on-chain no formato de Credencial Verificada amplamente suportado.”

A Polygon afirma também que é a primeira ferramenta de identificação digital baseada em ZK que permite aos usuários manter credenciais localmente em dispositivos portáteis, como smartphones, fazendo com que os usuários não precisem mais de senhas:

“Logins sem senha trocam credenciais criptografadas verificáveis simplesmente escaneando um código QR ou conectando-se a uma carteira de desktop. As organizações podem se beneficiar de recursos aprimorados de segurança, melhor experiência de usuário e maior produtividade de seus administradores de sistema, cujo tempo não precisará mais ser gasto com redefinições de senha.”

O co-fundador da Polygon ID, David Schwartz, disse em uma publicação no Twitter em 1º de março que o produto foi desenvolvido “com base nos mais recentes padrões de identidade descentralizada”, e ajudará a proteger desenvolvedores e usuários contra o acesso não autorizado de terceiros.

A tecnologia baseada em ZK do Polygon ID permite que os desenvolvedores criem soluções para que os usuários armazenem suas informações pessoais de forma privada e segura, dando-lhes controle total sobre quem tem acesso aos seus dados.

—David Schwartz (@davidsrz)

“Oferecer uma solução de identidade de uma forma que o consumidor médio possa usar é o santo graal da adoção da identidade digital”, explicou ele em um comunicado à imprensa.

Vários projetos já se comprometeram a integrar o Polygon ID após o lançamento, como o provedor de infraestrutura Web3 Kaleido, a solução de verificação de identidade Fractal e o sistema de gerenciamento de comunidades da Web3 Collab.Land. Juntos, eles têm uma base de de mais de 4 milhões de usuários, de acordo com a Polygon.

Outros projetos da Web3, como a plataforma de metaverso The Sandbox e a comunidade de construtuores de blockchain Guild.xyz, também estão em processo de integração com o Polygon ID.

Após a divulgação da notícia, o preço do token nativo da Polygon (MATIC) subiu 2,5%, de US$ 1,22 para US$ 1,25, em questão de horas antes de corrigir para US$ 1,23.

Outros produtos de identificação baseados em blockchain no espaço hoje são o Quadrata e o IDNTTY.

LEIA MAIS



Fonte