China lançará centro nacional de pesquisa de blockchain

Apesar de sua repressão contínua às criptomoedas, a China continua a adotar a tecnologia blockchain – até o ponto de lançar o Centro Nacional de Inovação em Tecnologia Blockchain na capital Pequim.

De acordo com o relatório do China Daily de 8 de fevereiro, o centro criará uma rede de pesquisa com universidades locais, think tanks e empresas de blockchain para explorar as principais tecnologias de blockchain. Os frutos dessa pesquisa serão usados para promover a digitalização da China e expandir sua indústria de blockchain.

No comando da nova instituição está a Academia de Blockchain e Computação de Ponta de Pequim – uma entidade mais famosa por desenvolver a Chang’an Chain ou blockchain ChainMaker. Esse blockchain já é apoiado por um ecossistema de 50 corporações empresariais, a maioria delas – como o China Construction Bank ou a China Unicom – de propriedade do estado. No momento da publicação, o número conhecido de transações por segundo (TPS) que a ChainMaker pode executar é de 240 milhões – acima dos 100.000 TPS em 2021.

A China tem se comercializado ativamente como uma nação blockchain nos últimos anos. Em setembro de 2022, seu governo afirmou que a China responde por 84% de todos os pedidos patentes de blockchain registrados em todo o mundo. Embora os números reais possam não diferir muito, a taxa de aprovação é baixa, com apenas 19% do total de pedidos arquivados sendo aprovados.

Juntamente com a pesquisa de blockchain, o desenvolvimento de uma moeda digital do banco central também é uma prioridade para o governo chinês. Milhões de dólares em e-CNY foram distribuídos em todo o país para impulsionar sua adoção. No entanto, as transações cumulativas de e-CNY ultrapassaram apenas 100 bilhões de yuans (US$ 14 bilhões) em outubro de 2022.

Com todos os esforços para acompanhar as inovações digitais, um ex-executivo do Banco Popular da China recentemente instou o país a revisar suas rígidas restrições cripto. O ex-funcionário argumentou que uma proibição permanente de cripto poderia resultar em muitas oportunidades perdidas para o sistema financeiro formal, incluindo aquelas relacionadas a blockchain e tokenização.

VEJA MAIS:

 

 

Fonte

Related articles