Até 100.000%? ‘Caçador de criptomoedas’ afirma ter encontrado 14 altcoins com chances de ganhos surreais

No mercado de criptomoedas, “separar o joio do trigo” pode não ser fácil, mas também pode não ser difícil. Isso porque algumas variações elásticas de preços encontram lastros facilmente perceptíveis pela tendência de mercado, mesmo que a empolgação dos investidores esteja em narrativas que não necessariamente irão se concretizar no futuro. 

Nessa seara estão as 10 criptomoedas de inteligência artificial (IA) e dados que subiram até 5.258% em 30 dias no hype do gerador de bate-papo ChatGPT, um aplicativo de processamento de linguagem natural impulsionado por IA lançado pela OpenAI, uma startup de São Francisco (EUA) aportada por gigantes tecnológicas, como a Microsoft.

Related articles

Por outro lado, a alta de alguns tokens pode representar uma armadilha aos investidores distraídos em função de não apresentarem fundamentos que possam se relacionar à ascensão de preços, como as “duas penetras na festa das altcoins” que subiram até 483% de deixaram os investidores desconfiados no final da última semana. 

Autoproclamado “caçador e pesquisador de criptomoedas”, o analista cripto de pseudônimo RVCrypto publicou no Twitter esta semana uma lista de 14 altcoins com “potencial de ganhos”, segundo ele, entre 100 e 1.000 vezes, o que, em termos percentuais, compreendem uma faixa entre 10.000% e 100.000%. Mas, um olhar atento à lista de “especialista anônimo” possibilita a identificação de algumas esquisitices, embora não seja possível afirmar se eventualmente as profecias de RVCripto têm chances de se concretizarem.

Pela narrativa de RVCrrypto, é possível notar que ele mescla diversos tokens desconhecidos com algumas altcoins mais conhecidas dos investidores, apesar de não ser possível garantir que essa seja uma estratégia de o “caçador de criptomoedas” transparecer credibilidade à relação apresentada por ele. 

Entre as altcoins conhecidas estavam o token da exchange descentralizada GMX (GMX), negociado a US$ 66,89 (-4,77%) e com altas semanal e mensal de 15,89% e de 58,64%, respectivamente, e o VET, token da blockchain da camada 1 VetChain, trocado de mãos por US$ 0,25 (+4,32%) com altas de 13,51% no acumulado semanal de 42,62% no mensal. 

Na lista também estava o relativamente conhecido Kaspa (KAS), que era negociado a US$ 0,0072 (+1,87%) e avançava 34,15% e 46,78%, em sete e 30 dias, nessa ordem. Apesar da ascensão, o KAS recuava no comparativo com novembro, quando a autoproclamada prata do futuro apresentou alta mensal de 335%.

Entre outros tokens desconhecidos relacionados por RVCrypto estava o TAO, que aparentemente é o token do protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Fusotao, projeto que pode ser considerado pequeno em razão dos US$ 659,5 mil de capitalização de mercado e a 3.024ª colocação no ranking. 

Uma olhada mais atenta no gráfico semanal do TAO mostrava diversas linhas retas, o que leva a crer que a variação de preços pode não ter ocorrido de forma analógica em alguns intervalos. Além disso, no Twitter, é possível notar que há uma narrativa forte de possíveis influencers em favor do TAO.

Gráfico de sete dias do par TAO/USD. Fonte: CoinMarketCap

Outros tokens apontados por RVCrypto derreteram nos últimos sete dias e não apresentavam capitalização de mercado no monitoramento do CoinMarketCap, como o desconhecido VETME, que se apresenta como “serviço de verificação e custódia baseado em blockchain”, negociado a US$ 0,0020 (-40%).

Gráfico de sete dias do par VETME/USD. Fonte: CoinMarketCap

Também estava entre as descobertas do “caçador de criptomoedas” o Clearpool (CPOOL), que se apresenta como “ecossistema de mercado de capitais descentralizado”, negociado a US$ 0,053 (-5,80%) e cujo gráfico era constituído de linhas retas que formavam um aspecto de castelo medieval.

Gráfico de sete dias do par CPOOL/USD. Fonte: CoinMarketCap

No rol das “descobertas do caçador de criptomoedas” também estavam: VELA; TND; AZERO; DNX; WAS; RIO; DIONE; MASQ; CHNG. Enquanto os “achados de  RVCrypto” estão longe dos 100.000%, é bom os investidores ficarem de olho nos projetos a fim de separarem o joio do trigo.”

Embora não tenha conseguido um aumento de 1.000 vezes de seu valor, uma criptomoeda conseguiu se favorecer e subir 3.000% com a listagem em exchanges em meio à exclusão de 11 pares da Binance e reação do Bitcoin, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

LEIA MAIS:



Fonte