Preço do Bitcoin não segura US$ 29.000 e alimenta dúvidas sobre a força do BTC

Related articles

O Bitcoin (BTC) estabeleceu novas máximas de nove meses durante a madrugada de 30 de março, mas os traders seguem cautelosos.

Gráfico de 1 hora BTC/USD (Bitstamp). Fonte: TradingView

“Desvio” aproxima preço do BTC de US$ 30.000

Dados do Cointelegraph Markets Pro e da TradingView mostraram que o par BTC/USD disparou para US$ 29.170 na Bitstamp.

Uma rejeição ocorreu quase imediatamente, enviando o par de volta ao seu ponto de partida e fazendo com que os participantes do mercado já ressabiados chamassem a nova máxima de 2023 de “falsificação.”

#Bitcoin – Que falsificação adorável. É por isso que você não deve perseguir velas verdes

— IncomeSharks (@IncomeSharks)

“Nada mudou – sim, tivemos um bom estouro acima das máximas locais, mas isso era esperado”, escreveu o trader popular Credible Crypto em parte de uma análise no Twitter, chamando o movimento de “desvio”.

Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Credible Crypto/Twitter

Outro trader, no caso o Crypto Chase, também aplicou a etiqueta de “desvio” à nova máxima, pedindo a sustentação do suporte em US$ 29.000 para considerar novas entradas.

$BTC

Até agora, um desvio da resistência diária. Os touros querem ver a caixa cinza no LTF. Lá embaixo e a probabilidade desse movimento ser uma parada/desvio faz mais sentido para mim.

Recupere 29K e procurarei posições compradas. Perdendo a caixa cinza, procurarei shorts. Vazio no meio.

— Crypto Chase (@Crypto_Chase) 

Um pouco mais otimista, Crypto Tony esperava que a alta de curto prazo ainda pudesse ser convertida em novo suporte.

Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Crypto Tony/Twitter

“Os mercados de baixa naturalmente têm muito mais FUD [medo, incerteza e dúvida] e o Bitcoin certamente foi alvo desse sentimento negativo no ano passado. Mas ainda estamos segurando bem e indo para US$ 30.000. Estou animado para a corrida de touros, seja amanhã ou no ano que vem”, acrescentou.

Analista alerta que volume negociado remete à queda de junho de 2022

Analisando a situação nas exchanges de derivativos, a suíte de negociação DecenTrader, por sua vez, observou que os shorts atualmente estão em vantagem.

“A taxa de financiamento continua a subir enquanto a relação comprados/vendidos permanece estável”, resumiu em uma nova análise.

“Com o declínio do preço e o financiamento positivo, os vendedores a descoberto são potencialmente lucrativos e estão sendo pagos pelos comprados para manter suas posições abertas.”

Gráfico da relação de comprados/vendidos e da taxa de financiamento de futuros do Bitcoin. Fonte: DecenTrader/Twitter

Em outro sinal de alerta em potencial, o analista de Bitcoin e criptomoedas Lukasz Wydra observou que os volumes de negociação atuais são os mais baixos de 2023.

“A última vez que algo semelhante ocorreu foi em junho de 2022. Paradoxalmente, pouco antes da queda de 30k”, revelou ele apresentando um gráfico ilustrativo.

Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Lukasz Wydra/Twitter

As visões, pensamentos e opiniões expressas aqui são exclusivas dos autores e não necessariamente refletem ou representam as visões e opiniões do Cointelegraph.

LEIA MAIS



Fonte