Grande atualização do Ethereum é adiada para abril, analistas divergem opiniões

Chamada Shanghai, a próxima grande atualização do Ethereum é, em suma, necessária para a liberação dos ethers (ETH) em stake. Antes programada para ser liberada neste mês de março, agora a atualização está prevista para acontecer em abril.

O anúncio foi realizado durante um encontro de desenvolvedores do Ethereum na última quinta-feira (2).

“As pessoas devem esperar que a atualização no Goerli [testnet do Ethereum] aconteça dia 14, terça-feira”, disse Tim Beiko, desenvolvedor do Ethereum. “Na próxima call podemos falar sobre a atualização da mainnet, mas as pessoas não devem esperar que ela ocorra antes de 3 a 4 semanas em relação [a atualização] no Goerli.”

Em relação ao Goerli, Beiko está se referindo a rede de testes do Ethereum onde seu token valorizou 1.500%. Na data, o mesmo desenvolvedor alertou para os riscos desse investimento, já que este token possui uma data de validade.

Related articles

O que é a atualização Shanghai?

Também chamada de Shapella, uma mescla de Shanghai com Capella, o atraso desta atualização foi bastante criticada até mesmo por um co-fundador do Ethereum. Em setembro do ano passado, Charles Hoskinson, afirmou que o Ethereum estava se tornando uma prisão.

Afinal, desde que o Ethereum migrou para Proof-of-Stake, nenhum investidor consegue retirar suas moedas trancadas neste sistema chamado de staking.

Portanto, uma das maiores mudanças da atualização Shanghai está relacionada a liberação destes ethers (ETH). No entanto, vale notar que seis meses já se passaram desde o The Merge e tal atualização segue sem uma data exata.

Atualização Shanghai deve afetar o preço do Ethereum?

Embora muitos acreditassem que o Ethereum poderia disparar com as novas políticas monetárias apresentadas no The Merge, incluindo o próprio Vitalik Buterin, o Ethereum perdeu 5% de seu valor desde então.

Segundo o próprio site do Ethereum, 17.267.075 ETH (R$ 141 bilhões) de moedas estão presas, rendendo 4,8% ao ano. Portanto, a liberação deste montante, possívelmente no próximo mês, pode causar uma grande pressão vendedora no mercado.

Site do Ethereum mostra que R$ 141 bilhões em ETH estão trancados no sistema de Proof-of-Stake esperando a atualização Shanghai para serem liberados.

No entanto, outros analistas enxergam a atualização como positiva. Segundo o JPMorgan, por exemplo, a possibilidade de retirar as moedas de staking poderá atrair ainda mais compradores, que poderão usar tal sistema, e isso faria o preço do ETH disparar.

De qualquer forma, todos estão atentos para a data da atualização Shanghai, agora também chamada de Shapella. No mínimo, podemos esperar um momento de volatilidade enquanto o mercado decide se ela será benéfica ou não no curto prazo.



Fonte