El Salvador abrirá ‘Embaixada do Bitcoin’ nos Estados Unidos

Related articles

Maior criptomoeda do mundo, o Bitcoin (BTC) está conectando mais países em torno do interesse comum pelo ativo à medida que o governo de El Salvador está abrindo uma “Embaixada do Bitcoin” nos Estados Unidos.

El Salvador, país que adotou o Bitcoin como moeda legal em 2021, está expandindo sua estratégia para ampliar a adoção do Bitcoin em uma nova parceria com o governo do Texas. A colaboração intergovernamental visa estabelecer uma Embaixada do Bitcoin, ou um escritório de representação de El Salvador no estado norte-americano, para trabalhar em novos projetos conjuntos para promover a adoção do Bitcoin.

Milena Mayorga, embaixadora salvadorenha nos Estados Unidos, anunciou a notícia em um comunicado no Twitter em 14 de fevereiro.

Vice-secretário de Estado do Texas, Joe Esparza, e a embaixadora de El Salvador nos EUA, Milena Mayorga. Fonte: Twitter

“Em minha reunião com o secretário adjunto do governo do Texas, Joe Esparza, discutimos a abertura da segunda Embaixada do Bitcoin no exterior e a expansão de nossos projetos de intercâmbio comercial e econômico”, disse Mayorga.

O estado do Texas, nosso novo aliado.

Em minha reunião com o secretário adjunto do governo do Texas, Joe Esparza @TXsecofstate, discutimos a abertura da segunda Embaixada do #Bitcoin no exterior e a expansão dos nossos projetos de intercâmbio comercial e econômico.

— Milena Mayorga (@MilenaMayorga) 

A mais recente iniciativa em prol do Bitcoin ocorre alguns meses depois que El Salvador abriu sua a primeira embaixada dedicada ao Bitcoin na cidade de Lugano, no sul da Suíça, em outubro de 2022. Como parte do acordo, as duas jurisdições pró-cripto começaram a trabalhar para estabelecer uma presença governamental física para promover a cooperação com instituições de ensino e de pesquisa relacionadas ao Bitcoin.

De acordo com o ex-diretor de estratégia da Blockstream, Samson Mow, o fenômeno da embaixada do Bitcoin é o próximo passo a ser adotado pelos estados-nação e cidades que adotam ou são amigáveis ao Bitcoin. Ele disse que tais iniciativas implicam na cooperação entre países para desenvolver novas iniciativas, como estabelecer alianças entre lugares que adotam o Bitcoin.

A notícia vem à tona no momento em que advogados do Texas consideram apresentar um novo projeto de lei pedindo um “plano mestre para a expansão da indústria de blockchain” no estado. A iniciativa legal visa transformar o Texas na capital cripto dos EUA, introduzindo compras isentas de impostos para quem utilizar o Bitcoin como meio de pagamento, entre outras propostas.

Como relatado anteriormente, o Texas emergiu como um dos estados dos EUA mais amigáveis ​​​​às criptomoedas, aprovando leis favoráveis ​​​​à indústria com o objetivo de adaptar suas leis comerciais à inovação promovida pela tecnologia blockchain e de aprovar regulamentação amigável aos ativos digitais. O Texas também abriga algumass dos maiores mineradoras de Bitcoin da América do Norte. Riot Blockchain, Core Scientific e Genesis Digital Assets mantêm unidades operacionais no estado.

LEIA MAIS



Fonte