Bybit apresenta cartão de débito Mastercard dias após interromper as transferências em USD

Related articles

A Bybit lançará um novo cartão de débito que permite aos usuários fazer pagamentos e sacar dinheiro usando criptomoedas.

O cartão Bybit operará na rede Mastercard e permitirá transações baseadas em moeda fiduciária debitando saldos de criptomoeda quando usados para pagar bens e serviços. O serviço começa com o lançamento de um cartão virtual gratuito para compras online, enquanto os cartões de débito físicos devem estar disponíveis em abril de 2023.

O serviço funcionará com saldos de Bitcoin (BTC), Ether (ETH), Tether (USDT), USD Coin (USDC) e XRP (XRP) nas contas dos usuários. Os pagamentos converterão automaticamente os saldos dessas criptomoedas iniciais em euros ou libras, dependendo do país de residência do usuário.

Saques em caixas eletrônicos e pagamentos globais serão limitados a participações agregadas em criptomoeda da conta Bybit de um usuário. Os cartões são emitidos pelo provedor de soluções de pagamentos Moorwand, com sede em Londres.

O lançamento da oferta de cartão de débito virtual e físico da Bybit ocorre dias depois que a exchange de Dubai anunciou que interromperia as transferências bancárias em dólares americanos. A suspensão de depósitos e saques em dólares foi atribuída a “interrupções de serviço” por um de seus parceiros de processamento.

Os usuários do Bybit podem continuar a fazer depósitos em dólares americanos usando Advcash Wallet e cartões de crédito, enquanto os usuários são incentivados a realizar quaisquer saques pendentes em dólares americanos até 10 de março.

As exchanges e negócios cripto baseados nos Estados Unidos foram afetados quando o Silvergate Bank anunciou a descontinuação de sua rede de pagamento de ativos digitais em 4 de março.

Enquanto isso, um relatório no final de fevereiro de 2023 sugere que a Mastercard e a Visa adiariam o anúncio ou o início de novas parcerias diretas com a indústria de criptomoedas e blockchain.

A Mastercard tem explorado opções de pagamento em USDC por meio de novas parcerias, enquanto a Visa sugeriu planos para permitir que os clientes convertam criptomoedas em fiat em sua plataforma em 2023.

VEJA MAIS:

Fonte