Binance está sendo investigada por tentar enganar reguladores, diz WSJ

Anúncio da Binance US

A Binance, maior exchange de criptomoedas do mundo, está enfrentando investigações por parte do Departamento de Justiça e da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), o motivo seria a relação entre suas operações globais e sua subsidiária americana, a Binance.US, de acordo com uma matéria do WSJ.

Segundo o jornal, a Binance é suspeita de ter tentado enganar as autoridades americanas com a criação da Binance.US, que afirma ser completamente independente, mas de fato é interligada com a matriz Binance.com.

Citando mensagens vazadas, entrevistas com ex-funcionários e documentos, o WSJ afirma que a Binance e a Binance.US estão muito mais interligadas do que as empresas afirmam, misturando equipes, finanças e compartilhando uma entidade afiliada que comprava e vendia criptomoedas.

Além disso, os reguladores americanos temem que a Binance.US tenha potencialmente dado à Binance.com acesso aos dados dos clientes dos EUA.

Anúncio da Binance US

Por que a Binance.us é um problema para a Binance.com?

Desde 2019, a Binance se preocupou com a iminência de uma repressão regulatória nos EUA e criou uma estratégia para proteger a Binance.com, a principal plataforma da empresa, e neutralizar a ameaça das autoridades.

Related articles

A estratégia incluiu a criação da Binance.US, uma plataforma independente que seria licenciada com a tecnologia e marca da Binance e atenderia aos regulamentos americanos, enquanto a Binance.com não permitiria usuários dos EUA.

No entanto, segundo mensagens e documentos de 2018 a 2020 analisados pelo The Wall Street Journal, as empresas estão interligadas, com desenvolvedores da Binance na China atuando no código de software que suporta as carteiras digitais dos usuários da Binance.US, possivelmente dando à Binance.com acesso aos dados dos clientes dos EUA.

Binance.com bloqueado acesso de usuários dos EUA
Binance.com bloqueado acesso de usuários dos EUA

É aí que começam os problemas da maior corretora de criptomoedas do mundo, se os reguladores americanos concluírem que a Binance tem controle absoluto sobre uma empresa dos EUA, eles podem ganhar o poder de investigar todo o negócio da Binance, colocando na mira também o CEO da empresa, Changpeng Zhao (CZ).

Segundo o WSJ, o Departamento de Justiça e a SEC estão investigando o relacionamento da Binance com a Binance.US desde pelo menos 2020.

Mensagens que podem prejudicar a Binance

De acordo com mensagens vazadas e obtidas pelo WSJ, a relação da Binance com a Binance.US ficou em evidência quando um funcionário da Binance na China ativou uma negociação na plataforma dos EUA.

Ninj0r [desenvolvedor de software da Binance]:Por que as negociações começaram???? Ainda não é a hora!!!…”

Changpeng Zhao (CEO da Binance) respondeu:Um cara aqui em Xangai.”

O momento do lançamento foi crucial, pois a Binance estava se esforçando para construir rapidamente a Binance.US antes que os reguladores dos EUA agissem.

A estratégia de criar uma plataforma totalmente separada nos EUA ajudou a garantir que ela pudesse continuar a operar em outros mercados sem o medo de que seus negócios nos EUA afetassem o resto da empresa.

No entanto, a investigação em curso do Departamento de Justiça e da SEC está examinando as mensagens para determinar se a Binance e a Binance.US estão realmente separadas. A mistura de equipe, finanças e tecnologia pode indicar que as duas entidades não são tão independentes quanto afirmam ser.

CEO da Binance
CEO da Binance

De acordo com as mensagens, os desenvolvedores na China mantiveram as principais funções na Binance.US pelo menos até meados de 2021, quando os contratos dos desenvolvedores de Xangai eram com a Binance, não com a plataforma dos EUA.

Um porta-voz da Binance respondeu ao jornal que o relacionamento das duas empresas é “regido por acordos de licenciamento, inclusive para a tecnologia da Binance.

A Binance.US disse que os dados dos clientes dos EUA são armazenados nos EUA e que eles e a Binance nunca misturaram fundos ou dados dos usuários.

A empresa disse ainda que está trabalhando para melhorar seus processos de conformidade regulatória e seus controles internos. No entanto, se as investigações em andamento determinarem que a Binance não está operando dentro das regras, ela pode enfrentar multas significativas e danos à sua reputação.

Isso poderia levar a uma possível perda de confiança dos investidores e uma diminuição nos volumes de negociação em sua plataforma, o que poderia ter um impacto negativo significativo em seus negócios.

Além disso, a Binance também pode enfrentar possíveis ações judiciais de investidores que foram prejudicados por tais práticas.

Binance enfrenta problemas com reguladores

Recentemente, um regulador financeiro do Texas disse em um processo judicial que a Binance.US não obteve licença para operar no estado porque não fornecia informações financeiras de seu maior acionista, CZ.

A empresa foi convocada na quinta-feira passada (12) para responder a perguntas sobre suas atividades em um inquérito iniciado por um grupo bipartidário de senadores dos EUA, eles disseram que a Binance estava “ocultado informações financeiras básicas de seus clientes e do público”.

No início deste mês, a Binance admitiu ter operado “fora da lei” e disse estar pronta para pagar a dívida com os EUA, ela afirmou que não tinha controles adequados durante seus primeiros anos, mas que é uma empresa diferente agora.

Como se não bastasse, no início de fevereiro, o Departamento de Serviços Financeiros de Nova York mandou a Paxos parar de emitir tokens Binance USD (BUSD), a stablecoin da Binance.

Em meio a uma chuva de investigações de reguladores, a Binance precisará trabalhar em estreita colaboração com as autoridades para garantir que esteja cumprindo todas as leis e regulamentos aplicáveis em um mercado que está sendo cada vez mais reprimido pelos governos de todo o mundo.

A situação legal da Binance atualmente é, portanto, incerta, e isso pode causar temores em investidores e outros players do setor de criptomoedas.

A Binance tem sido um pilar do mercado de criptomoedas desde que foi criada, e sua queda ou fechamento poderia ter um impacto significativo no setor como um todo.



Fonte