Afinal, o que é bull e bear market e como lucrar 200% nestes períodos

Quem acompanha o mercado financeiro e o de criptomoedas em algum momento já se deparou com termos como bull market e bear market. Em inglês, bull significa touro, a imagem é associada a uma tendência de alta. O símbolo de Wall Street, por exemplo, é um touro que usa seus chifres para atacar partindo de baixo para cima.

Já a palavra bear, significa urso em inglês, e é usada para denominar um mercado em baixa. Isso porque ele usa suas patas dianteiras partindo de cima para baixo, portanto está associado a tendências de queda. Para quem investe no mercado financeiro, principalmente Bitcoin e criptoativos é uma boa opção saber de todos esses pontos. 

O que é bull market no mercado cripto?

O bull market é um período onde os movimentos de alta dominam. De forma geral, a tendência impacta toda classe de ativos, como ações de empresas, fundos imobiliários, criptomoedas, taxas de juros, petróleo e derivados.

Apesar de não haver regras claras para definir o bull market, confira algumas considerações:

  • Pode permanecer por apenas algumas semanas, mas ocasionalmente estende-se por meses ou até anos como no ciclo 2020-2021;
  • Em geral, as notícias negativas afetam pouco ou nada a cotação durante as sequências de alta;
  • Geralmente o aumento nas expectativas acompanha o bull market, independente da situação atual.
  • O bull market é quando o preço de um ativo atinge seu topo (valor mais alto) e é recomendado vender

O que é bear market no criptomercado?

O bear market é um período de baixa, em que as tentativas de alta são rapidamente revertidas, mantendo a tendência de queda. Podem haver exceções, alguns ativos subindo por notícias ou expectativas individuais, mas, no geral, o sentimento de medo prevalece dentre os investidores.

  • A duração varia entre meses e anos (como no ciclo do final de 2021 e 2022)
  • Durante essa correção podem ocorrer ganhos acumulados de 30% ou 40%, mas eles podem ser insuficientes para encerrar o break market;
  • Notícias positivas, e até mesmo dados econômicos sólidos apresentam pouco ou nenhum impacto nas cotações;
  • Devido ao sentimento de medo, qualquer incerteza, mesmo sem fundamento, tende a acelerar o movimento de queda.

Quais as diferenças entre bull e bear market?

De fato, o touro é usado como símbolo do mercado cripto para expressar um momento de grande valorização dos ativos. Por outro lado, o movimento de queda nos preços pode ser entendido como bear market, onde é usado um urso.

Em suma, os dois termos são antagônicos e servem para identificar momentos distintos no mercado cripto. Enquanto o bull market sinaliza alta valorização de criptoativos, o bear market sinaliza exatamente o contrário, ou seja, o bear market, traduzido do inglês mercado de urso, reflete um sentimento de pouca confiança na sustentação dos preços. Neste período, os investidores certamente não esperam por uma valorização prolongada dos ativos.

Bearish x bullish

Ao falar de bear market e bull market, também há outros termos bastante presentes no mercado, são eles: o bearish e o bullish.De uma maneira simples e resumida, o termo bearish serve para definir um cenário em que os investidores mantêm suas expectativas lá embaixo. Neste caso, eles acreditam que a queda nos preços do mercado irá continuar.

Enquanto isso, o bullish serve para definir o cenário contrário, neste, os investidores estão otimistas e com as expectativas bastante altas. Em resumo, eles acreditam que o mercado voltará a ficar saudável e os preços irão subir.

Como reconhecer um bull e bear market?

O bull market ocorre com um aumento de 20% ou mais a partir de uma baixa de curto prazo. Ao contrário disso, o bear market acontece quando um ativo cai 20% de sua máxima.

Contudo, esse parâmetro nem sempre faz sentido na prática. Classificar um mercado como bull ou bear market pode demandar mais julgamento, bem como considerar a condição da economia mais ampla e da psicologia de mercado.

Características do bull market:

  • investidores que estão sentindo confiança no mercado;
  • a economia forte a favor dos investimentos;
  • tendência a ocorrer em conjunto com a alta do PIB;
  • cenário em que há baixo desemprego; 
  • alta lucratividade das empresas;

Características do bear market:

  • pessimismo e confiança abalada, em grande parte, dos investidores;
  • economia com sinais nítidos de fraqueza e recessão iminente;
  • diminuição do PIB;
  • aumento do desemprego;
  • empresas reportando maus resultados e falindo.

LEIA MAIS

Fonte

Related articles