5 altcoins sobem 20% e voltam a superar o Bitcoin enquanto Shibarium, da Shiba Inu bomba e processa 1.076.331 transações

Related articles

Essa foi uma semana estável para o mercado de criptomoedas, diferente das últimas semanas em que a volatilidade agitou os investidores, nos últimos 7 dias o Bitcoin (BTC) apresentou alta de 3% e passou todo o período negociando entre US$ 26.800 e US$ 28.500.

Antonio Bertuccio, Head of Strategies iVi Technologies, destaca que a semana foi marcada pela divulgação do PCE (índice de preços de gastos com consumo) nos Estados Unidos. O índice veio abaixo das expectativas, animando os mercados de renda variável americanos.

“Este reflexo foi sentido também pelo mercado cripto, reforçando a narrativa de que a inflação parece estar cada vez mais controlada e que a política do FED que resultou no aperto monetário mais rápido da história pode finalmente começar a mudar.

As falas de Powell ao longo das últimas semanas foram positivas para os mercados e o sentimento é que podemos ter mais algumas altas nos juros de 0,25% e que após uma pausa, podemos começar a ver uma postura mais Dovish do BC americano”, disse.

Com isso, Bertuccio aponta que a dominância do Bitcoin em relação às altcoins continua em alta, alcançando novas máximas dia após dia, com a narrativa do BTC como reserva de valor e hedge inflacionário ganhando força.

“Para o próximo mês acredito que veremos uma continuação da tendência de alta do Bitcoin, impulsionado principalmente pelo sentimento, um possível controle da inflação e pelas políticas menos duras do FED. Devemos ver algumas altcoins começando seu movimento de alta mais forte, mas ainda acredito que o Bitcoin vai manter seu papel de liderança dentro do mercado cripto até vermos efetivamente a inflação sendo dominada e as taxas de juros caírem significativamente”, afirmou.

5 altcoins sobem 20%

No entanto, embora a dominância do Bitcoin no mercado de criptomoedas venha crescendo, as altcoins estão registrando valorizações acima do BTC. Enquanto o Bitcoin viveu momentos de baixa volatilidade na semana, criptomoedas como a Stellar (XLM) subiram mais de 20%.

A Stellar inclusive liderou a semana, entre as 100 maiores criptomoedas do mercado, com alta acima de 25%. Na segunda posição, entre as criptomoedas que mais subiram, temos o XRP, token nativo da Ripple e que teve sua alta impulsionada por rumores de que a empresa pode ganhar o processo contra a SEC.

Na terceira posição, a Hedera (HBAR) também teve ganhos acima de 20% mostrando que as altcoins permanecem fortes no mercado. Também com ganhos acima de 20% na semana está a Conflux (CFX).

Entre as 5 criptomoedas que mais subiram na semana, a Rocket Pool (RPL) foi a única com valorização abaixo de 20%, fechando a semana com 16% de alta.

Shibarium bomba

A narrativa de alta das altcoins vem sendo impulsionada por lançamentos, desenvolvimentos e anúncios importantes ligados aos protocolos. Esta intensa atividade dos desenvolvedores vem refletindo em valorização nos protocolos e no crescimento da atividade on-chain.

Um dos exemplos desta atividade é a Shibarium, blockchain da layer 2 da Shiba Inu, uma das principais memecoins do ecossistema cripto. Desde o ciclo de alta de 2020-21, a memecoins representam um papel importante no mercado de criptoativos com inúmeras pesquisas indicando que Dogecoin (DOGE) e Shiba Inu (SHIB) inclusive roubaram o papel do Bitcoin como porta de entrada de novos investidores no mercado cripto.

Diante disso, desenvolvedores vem procurando ampliar o escopo das memecoins para que elas não sejam apenas memes, mas ganhem novas funções dentro do ecossistema cripto. No caso da Shibarium a rede, lançada em fase de testes, pretende ser um layer2 para o Ethereum e blockchain nativa para os próximos lançamentos do ecossistema SHIBA e para uma ampla gama de aplicativos descentralizados.

Mesmo em fase de testes, novos dados revelam que mais de um milhão de transações já foram realizadas no Puppynet, a rede de teste da Shibarium. Conforme o scanner blockchain Blockscout, 1.076.331 transações ocorreram na rede de testes da Shibarium desde que foi lançada em sua forma beta na semana passada.

A Blockscout também revelou que atualmente existem mais de 200 mil endereços de carteira exclusivos usando o Shibarium. Nesta fase de testes o tempo médio de bloqueio da rede de teste é de 7,7 segundos, enquanto suas taxas de gas chegam a apenas 1,5 Gwei, o que é menos do que centavos.

Ainda não há data oficial para o lançamento da nova rede, no entanto, cerca de 70% de todos os tokens SHIB em circulação estão sendo mantidos por holders de longo prazo, que estão acumulando a altcoin aguardando uma grande alta no preço quando o lançamento oficial se tornar público.

LEIA MAIS

Aviso: Esta não é uma recomendação de investimento e as opiniões e informações contidas neste texto não necessariamente refletem as posições do Cointelegraph Brasil. Cada investimento deve ser acompanhado de uma pesquisa e o investidor deve se informar antes de tomar uma decisão.

Fonte