Usuários do Telegram agora podem comprar plano Premium com criptomoeda

Serviço do Telegram Premium pode ser comprado com criptomoedas

Related articles

O serviço Fragment, ligado a Toncoin, liberou para usuários do Telegram a compra de serviços Premium do aplicativo de mensagens instantâneas, rival do WhatsApp, com a criptomoeda TON.

O anúncio ocorreu pela comunidade Toncoin, que publicou a novidade via Twitter para seus seguidores.

Originalmente criado pelo Telegram, a Toncoin segue como um projeto descentralizado, lançando novas opções para clientes do serviço.

Usuários do Telegram podem comprar plano Premium com criptomoedas

Por meio do serviço Fragment, o Telegram Premium começou a contar com o pagamento em criptomoeda TON.

Serviço do Telegram Premium pode ser comprado com criptomoedas. Reprodução.

Usuários poderão comprar, via Fragment, os nomes de usuários no Telegram e o acesso ao serviços Premium. Além disso, pessoas que desejam ter um número de telefone anônimo, que funciona apenas no Telegram, também podem realizar a compra com pagamentos em TON.

O serviço da Fragment aproveita a blockchain TON para lançar ferramentas para usuários, recebendo todos os pagamentos em criptomoeda por seus serviços. Assim, cria funcionalidades anônimas para os usuários, que realizam as compras sem necessidade de cadastros e apenas vinculando sua carteira de criptomoedas.

Um exemplo de uso da ferramenta envolve a compra de um número exclusivo para funcionar no Telegram, pago em criptomoeda. Com isso, um usuário não precisa mais do registro em uma operadora de telefonia e nem de cartão de crédito para conseguir ter uma conta válida no aplicativo de mensagens, podendo se comunicar com todo o mundo.

Recentemente, uma carteira de criptomoedas disponível no Telegram liberou o envio de criptomoedas no P2P para usuários, que podem trocar moedas facilmente.

Qual a vantagem de ter um Telegram Premium?

De acordo com o próprio aplicativo, o Telegram Premium é um serviço de assinatura opcional que desbloqueia recursos exclusivos adicionais e, ao mesmo tempo, ajuda no desenvolvimento do aplicativo.

Ou seja, é uma parte da monetização sustentável do Telegram, impulsionada por usuários, e não por anunciantes ou acionistas. Dessa forma, o Telegram pode permanecer independente e priorizar os usuários primeiro.

Em resumo, funciona como um serviço de assinatura que dá algumas vantagens aos usuários, que pode ser assinado mensal ou anualmente.

No entanto, o Telegram não aceita pagamentos em criptomoedas diretamente, ou seja, todos os interessados devem utilizar o serviço da Fragment para conseguir pagar com TON.

De qualquer forma, após a novidade do pagamento em TON pelo Telegram Premium, o preço da criptomoeda disparou 6% em relação ao Dólar nas últimas 24 horas, alcançando a cotação de US$ 2,16.



Fonte