Rede Globo dará NFTs para assinantes do Globoplay

Valor da coleçãoNFT do Masked Singer Brasil superou 2 milhões de reais

Related articles

A Rede Globo começou uma promoção envolvendo NFTs para assinantes do seu serviço de streaming, o Globoplay. Para participar, os interessados devem ter pelo menos 18 anos, ser residente no Brasil e ter cadastro no serviço antes do dia 19 de março de 2023.

Além disso, devem ter vinculado suas contas Globoplay na telenovela “Todas as Flores” até a data final. Caso todos os itens de elegibilidade sejam cumpridos, os assinantes receberão um NFT exclusivo da Globo.

Nos termos de uso da campanha, a Globo deixa claro que dará os ativos via Eluvio Blockchain, um projeto apoiado internacionalmente até pela FOX.

Interessados em receber NFTs da Globo devem preencher formulário via WhatsApp

Caso todos os requisitos de elegibilidade da campanha estejam de acordo, a Globo pede que os interessados preencham um formulário via WhatsApp até o dia 17 de abril de 2023.

Para isso, os interessados devem ter concluído pelo menos 40 minutos do episódio final da novela Todas as Flores no Globoplay.

Os NFTs da campanha da Globo remetem aos personagens da série, com atores famosos em papéis, como Letícia Colin, Sophie Charlotte, Regina Casé, entre outros mais.

A Globo deixa claro nas regras da campanha que todas as transações ocorrem na Eluvio Blockchain, e os usuários são responsáveis por sua própria segurança. Assim, prejuízos ao negociar os ativos, por exemplo, não são de responsabilidade da emissora.

NFTs do Masked Singer Brasil com pouca movimentação

Vale o destaque que a novidade envolvendo a “Todas as Flores” não é a primeira coleção de NFTs lançada pela Globo com a Eluvio.

Isso porque, o programa Masked Singer Brasil também se tornou uma coleção de NFTs. Em consulta do Livecoins e segundo dados do mercado, a coleção tem um valor de R$ 2,6 milhões. O NFT mais caro da coleção foi listado por R$ 55,8 mil, sendo o mais baixo de apenas R$ 3,96.

Valor da coleçãoNFT do Masked Singer Brasil superou 2 milhões de reais. Crédito: Eluvio Blockchain.

Com o lançamento de mais uma coleção, a Globo deixa claro que pretende explorar mais o mercado de ativos digitais e colecionáveis com registros em blockchain.

Blockchain baseada em Ethereum

Apesar de se dizer uma blockchain diferente, a Eluvio utiliza como base os padrões do Ethereum, com tokens ERC20, ERC721 e ERC1155.

Assim, a empresa permite acesso a contratos inteligentes e outros recursos do Ethereum. Por fim, a Eluvio Blockchain se diz como uma tecnologia sustentável e pró-meio ambiente, com transações rápidas e um desejo de trabalhar em prol do futuro das criptomoedas.

Entre outras empresas que lançaram coleções com a marca estão Warner Bros, com um filme Web3 da série Senhor dos Anéis, e a própria Microsoft, que lançou uma coleção do Windows 11.



Fonte