Programador acusa Binance de roubar sua ideia de Inteligência Artificial

Um desenvolvedor de Web3 e de inteligência artificial que participou de uma competição da Binance acusou publicamente a corretora de roubar sua ideia de gerar NFTs com uso de algoritmos.

O desabafo do programador veio ao público após a Binance lançar o Bicasso, uma ferramenta que gera automaticamente NFTs para os usuários. No dia 1 de março, por exemplo, o CEO da Binance, Changpeng Zhao (CZ), compartilhou a novidade com seus milhões de seguidores.

“Aqui está um novo e divertido produto Binance AI chamado Bicasso. Você pode transformar suas visões criativas em NFTs com IA. Experimente e me mostre o que você faz com ele. Versão beta disponível agora, limitada a 10k mints.”

 

Desenvolvedor de inteligência artificial chamada “Chatcasso” acusa Binance de roubar ideia de sua empresa

Apesar do sucesso da novidade apresentada pela Binance, que gera NFTs a partir de textos dos usuários, o desenvolvedor do Chatcasso não gostou nada da nova solução.

Related articles

Isso porque, em um desabafo público, “ggoma”, um desenvolvedor de inteligência artificial, declarou que a corretora pegou sua ideia e apenas refinou a solução.

“”Continue construindo” CZ disse. O que ele NÃO disse – “Se vocês construírem bem, vamos copiá-lo descaradamente e enviá-lo como nosso produto!” História da Binance roubando nosso projeto conquistamos o 1º lugar no hackathon BNB Chain.”

De acordo com o programador, sua equipe Hunt Town participou de um hackathon no final de 2022, ligado a BNB Chain. Na ocasião, eles passaram várias noites em claro para criar uma novidade ligada a Web3 com inteligência artificial.

Ao apresentar o Chatcasso, eles acabaram vencendo a competição, ganhando reconhecimento inclusive no perfil oficial da BNB Chain.

“Houve um hackathon do BNB Chain realizado em Seul de 17 a 19 de dezembro de 2022. Nosso time Hunt Town entrou. Colocamos toda a nossa energia na construção do nosso projeto, ficamos acordados até tarde e finalmente conquistamos o primeiro lugar no hackathon.”

Agora, com o lançamento da “Bicasso” pela Binance, ele acusa a corretora de se apropriar dos produtos de terceiros, principalmente daqueles que apresentam suas soluções para a empresa.

“Binance copiou até o nome do nosso produto”, diz programador

Em um primeiro momento, “ggoma” disse que ele e os membros de sua equipe ficaram muito felizes com o reconhecimento e premiação no evento da Binance. Contudo, dois meses depois, ver o anúncio do produto pela corretora lhe causou uma intensa revolta.

De acordo com o programador, a corretora copiou até o nome de seu programa, o “Chatcasso”, lançando o “Bicasso”.

“Uma grande empresa como a Binance copiando tudo até o nome? Não é apenas antiético, mas também confuso para os usuários. Os nomes são tão parecidos que é difícil diferenciá-los.”

“É desanimador ver uma empresa que afirma apoiar a inovação e o desenvolvimento roubar das mesmas pessoas que estão trabalhando duro para construir o ecossistema. Quem se sentiria seguro ao entrar em um hackathon? Eu não.”

Ao final de seu desabafo, o programador, que marcou o CEO da Binance em sua publicação, mas não recebeu nenhum comentário, disse que todos os criadores de ferramentas devem continuar a trabalhar pelo mercado. Contudo, devem ligar o alerta para empresas que estão se aproveitando do trabalho duro de terceiros.

O programador do Chatcasso lembra que ganhou 5 mil BUSD como recompensa. Além disso, no contrato de participação do hackathon, não havia regras que deixassem os produtos para a Binance, e ele inclusive revisou as regras de participação.

Publicamente, a Binance não comentou o caso, nem o seu CEO, citado nas publicações do programador revoltado.



Fonte