Preço do Bitcoin tropeça em meio à aversão dos investidores ao risco, mas há uma fresta de esperança

Related articles

O mercado de ações dos EUA está se aproximando de um ponto de virada crucial, à medida que a incerteza sobre o controle da inflação aumentou após a divulgação de dados econômicos mais quentes do que o esperado em fevereiro. Apesar das crescentes preocupações dos investidores, a economia está mostrando sinais de resiliência que podem protegê-la contra um movimento negativo significativo.

O crescente sentimento de aversão ao risco no mercado também está criando volatilidade para o Bitcoin (BTC). O principal criptoativo do mercado, que vem apresentando uma forte correlação com o mercado de ações dos EUA desde o início de 2022, moveu-se em direção oposta ao mercado de ações em fevereiro, com a correlação entre o BTC e o Nasdaq tornando-se negativa pela primeira vez em dois anos. No entanto, ao mesmo tempo que os touros das criptomoedas foram parados no nível de US$ 25.200, os riscos de uma desaceleração no mercado de ações estão aumentando.

Embora certamente haja um motivo para manter a cautela até a divulgação de novos dados econômicos e a próxima reunião do Banco Central dos Estados Unidos (Fed) em março, alguns indicadores sugerem que o pior pode ter passado e, apesar da turbulência momentânea, o mercado não deve atingir novas mínimas.

Inflação continua pegajosa

As maiores preocupações do atual ciclo de baixa, que começou em 2022, dizem respeito à inflação mais alta da década. Em janeiro, o Índice de Preços ao Consumidor (CPI) dos EUA apresentou uma elevação acima do esperado pelo mercado, com alta de 0,2% em relação ao mês anterior.

Existem alguns sinais adicionais de que a inflação pode permanecer rígida. A inflação do setor habitacional, que responde por mais de 40% do peso no cálculo do CPI, não dá sinais de desaceleração.

Índice de Preços ao Consumidor para Todos os Consumidores Urbanos: Habitação na Média das Cidades dos EUA. Fonte: FRED

Parece que o mercado está voltando à tendência dominante de 2022, quando o aumento da inflação foi correspondido por aumentos nas taxas de juros do Fed e condições de liquidez ruins. A expectativa do mercado de um aumento de 50 pontos-base na próxima reunião de 22 de março aumentou de porcentagens de um dígito para 30%. O presidente do Fed, Neel Kashkari, também levantou preocupações de que há uma falta de sinais mostrando que os aumentos das taxas de juros estão sendo efetivas para reduzir a inflação no setor de serviços.

No entanto, um relatório divulgado por Charles Edwards, fundador da Capriole Investments, argumenta que a inflação está em tendência de baixa apesar do pequeno revés de janeiro, que não é conclusivo.

“Até que vejamos esse patamar se mantendo no gráfico, ou um aumento, o risco inflacionário é algo superestimado e o mercado até agora está reagindo de forma exagerada.”

A divulgação do CPI de fevereiro em 12 de março será fundamental para criar um viés de mercado no curto prazo.

Edwards diz que o risco de recessão é menor do que nunca

Apesar dos elevados níveis de inflação, o risco de recessão nos mercados de ações diminuiu consideravelmente. Edwards observa em seu relatório que o setor de empregos continua robusto, com baixos níveis de desemprego, o que é impressionante, especialmente neste “final de ciclo.” Ele adiciona:

“O desemprego ultrabaixo associado a altas taxas de juros aumenta as chances de um fundo de desemprego estar (ou se formando).”

No entanto, o mercado também é mais sensível ao aumento do desemprego a partir daqui. Se os níveis de desemprego reagirem à agressividade do Fed, uma desaceleração do mercado de ações devido a riscos de recessão pode crescer rapidamente. O relatório do setor de empregos de fevereiro deve ser divulgado em 10 de março.

Gráfico do índice S&P 500 com relação com a taxa de desemprego. Fonte: Capriole Investments

De acordo com o relatório, as piores quedas no índice S&P 500 nos últimos 50 anos, quando prevaleciam temores de recessão semelhantes, foram de -21%, -27% e -20%. O fundo mais recente de 2022 também marcou uma queda de -27%, o que é encorajador para os compradores. Isso levanta a possibilidade de que o fundo esteja consolidado para o S&P 500.

Atualmente, o S&P 500 e o índice tecnológico Nasdaq-100 correm o risco de quebrar abaixo da média móvel (MA) de 200 dias em 3.900 e 11.900 pontos, respectivamente. Isso levanta a possibilidade de que a alta do final de 2022 e início de 2023 possa ter sido apenas um rali de mercado em baixa, em vez do início da acumulação de um novo ciclo de alta. Um movimento abaixo da MA de 200 dias para o mercado de ações adicionaria pressão adicional ao mercado de criptomoedas.

Notavelmente, em dezembro, quando o mercado de ações estava subindo, os mercados de criptomoedas permaneceram estáveis após o colapso da FTX. No início de 2023, o mercado cripto provavelmente alcançoy o mercado de ações e, atualmente, pode estar experimentando o final da reação oposta.

Uma possível armadilha de urso?

À medida que o Fed se prepara para uma nova guinada de aperto monetário, há mais pressão sobre a próxima crise do limite da dívida do Tesouro dos EUA. Desde meados de 2022, quando o Fed iniciou a flexibilização quantitativa, o Tesouro dos EUA facilitou a injeção de liquidez pela porta dos fundos. No entanto, a liquidez adicional do Tesouro será totalmente drenada até junho de 2023.

O otimismo do mercado no início deste ano provavelmente estava relacionado à suposição de que o Fed começaria a reduzir as taxas de juros quando os fundos do Tesouro secassem. Porém, se a inflação voltar a crescer e o Fed continuar aumentando os juros, a economia deverá chegar a junho em uma situação precária, com crédito caro e liquidez limitada do Tesouro.

Ainda assim, como Edwards mencionou, “não há dúvida que há riscos pairando sobre o mercado”, mas a economia está em uma posição muito mais saudável do que o esperado. A probabilidade de uma recessão caiu de 40% em dezembro para 20%. A fraqueza atual do mercado pode ser uma armadilha de ursos antes que os sentimentos melhorem novamente. Muito dependerá dos dados econômicos divulgados neste mês e da ação dw preços dos ativos em torno dos níveis de suporte cruciais.

As visões, pensamentos e opiniões expressas aqui são exclusivas dos autores e não necessariamente refletem ou representam as visões e opiniões do Cointelegraph.

Este artigo não contém conselhos ou recomendações de investimento. Todo movimento de investimento e negociação envolve riscos, e os leitores devem conduzir suas próprias pesquisas ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS

Fonte