Magalu começa a vender Bitcoin para clientes da Magazine Luiza

A Fintech Magalu e o Mercado Bitcoin, maior plataforma de ativos digitais da América Latina, acabam de fechar uma parceria para transação de criptomoedas, emissão e processamento de cartões.

A partir de agora, mais de 37 milhões de clientes do Magalu terão possibilidade de comprar e vender criptomoedas pelo SuperApp da companhia.

Além disso, os quase 4 milhões de usuários do Mercado Bitcoin poderão usar seus ativos, por meio de um cartão gratuito, com a tecnologia de APIs da Fintech Magalu.

Solução da Magazine Luiza envolve digitalização e inclusão financeira com bitcoin

A solução é mais uma iniciativa de digitalização e inclusão financeira e de ampliação da cesta de serviços disponíveis aos usuários do Magalupay.

Para muitos desses clientes, esse será o primeiro contato com criptoativos e a oportunidade de iniciar investimentos em moedas digitais, a partir de 1 real”, afirma Leandro Hespanhol, diretor comercial e de novos negócios da Fintech Magalu.

Related articles

Em breve, serão apresentados os primeiros três criptoativos disponíveis – os mais negociados — e os clientes Magalupay contarão com material educativo sobre a nova modalidade de investimento.

A plataforma de ativos digitais do Mercado Bitcoin será integrada ao MagaluPay para permitir a compra, venda e custódia de criptoativos, por meio de uma experiência simplificada em que as transações serão concluídas em poucos cliques.

Cartão do Mercado Bitcoin

O novo cartão, emitido e processado pela Fintech Magalu, que se coloca como uma das dez maiores do país. Além disso, a novidade oferecerá benefícios exclusivos para compras feitas no SuperApp Magalu.

Neste primeiro momento, ele será pré-pago e virtual e, em breve, terá função crédito para que os clientes do Mercado Bitcoin possam utilizá-lo da maneira mais conveniente.

Esta será a primeira vez que os clientes do Mercado Bitcoin terão um cartão à disposição para movimentar seus saldos.

A parceria traz mais usabilidade para as reservas em criptoativos e praticidade aos nossos milhões de clientes, que poderão usar o cartão em qualquer compra”, diz Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin.

O braço financeiro do Magalu é resultado da integração das empresas adquiridas Bit55, Stoq e Hub Fintech. Na frente de produtos voltados a empresas, a Fintech Magalu é responsável, por exemplo, pela operação de pagamento de aplicativos de entrega, caminhoneiros e transportadores de algumas empresas.

Não trabalhamos exclusivamente para o ecossistema Magalu. Já somos uma referência na prestação de serviços financeiros para mais de 50 companhias de todos os tamanhos”, afirma Hespanhol.

“Estamos confiantes para a nossa entrada nesta parceria com uma plataforma de criptomoedas.”

Antes de se aproximar do Magazine Luiza, vale lembrar que o Mercado Bitcoin recebeu investimentos do Mercado Livre, no início de 2022, outra empresa que também já começou a vender bitcoin pelo Mercado Pago, sua fintech, mas em parceria com a Paxos.



Fonte