Criptomoeda de propriedade intelectual sobe 40% após listagem enquanto o Bitcoin segue pressionado pelo Fed

O mercado de criptomoedas perdeu o suporte de US$ 1 trilhão, considerado um nível psicológico importante para os investidores, e operava com um volume de US$ 994,2 bilhões na manhã desta quinta-feira (9). Recuo que se acentuou depois de novas declarações do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, no Congresso dos EUA na última quarta-feira (8). Na ocasião, ele disse afirmou que a elevação da taxa de juros em 0,50% no próximo dia 22 dependerá dos próximos números da economia que serão divulgados nos próximos dias. Informações que indicarão o comportamento da inflação na maior economia do planeta. 

As declarações do titular do banco central dos EUA provocaram reações mistas no mercado de ações, que apresentaram leve alta. O S&P 500 (SPX) operava em 3.992 pontos (+0,14%) e se desprendia do Bitcoin (BTC), benchmark do mercado cripto, trocado de mãos por US$ 21,6 mil (-1,67%). Retração que coincidia com a cautela dos investidores diante dos dados econômicos citados por Powell, como a divulgação do relatório do mercado de trabalho (payroll) em fevereiro, que será apresentado sexta-feira (10) pelo Departamento do Trabalho. 

Related articles

Em maior ou menor grau, as principais altcoins em capitalização de mercado sentia a pressão decorrente da aversão ao risco, associado aos projetos envolvendo criptomoedas. O ETH estava precificado em US$ 1.532 (-1,51%), o ADA estava avaliado em US$ 0,31 (-3%), o DOGE se convertia em US$ 0,071 (-2,48%), o MATIC era transacionado por US$ 1,04 (-7,14%), o SOL se equiparava a US$ 18,45 (-4,58%), o LDO se nivelava em US$ 2,33 (-7,90%) e o FTM era negociado por US$ (0,35 (-7,35%). Já o KAVA se transforma em US$ 0,86 (+6,21%), o TON valia US$ 2,37 (+2,53%) e o XRP era comprado por US$ 0,39 (+2,32%).

No campo das altas de dois dígitos percentuais, o VOLT estava cotado em US$ 0,0000017 (+10,67%), o RAY se convertia em US$ 0,28 (+20%), o VERI estava pontuado em US$ 35,48 (+15%), o OPUL estava precificado em US$ 0,15 (+15%), o PERL era transacionado por US$ 0,035 (+15%), o GNY atraía 0,090 (+15%) e o GARI era negociado por US$ 0,065 (+21%).

Em um movimento de correção, o ONIT, token da plataforma Onbuff, voltada à monetização de propriedade intelectual (IP, na sigla em inglês) de jogos e tokens não fungíveis (NFTs) por meio da blockchain, estava cotado em 0,043 (+40%).

Gráfico diário do par ONIT/USD. Fonte: CoinMarketCap

Pelo que era possível perceber na movimentação de preço expressa no gráfico do ONIT, a ascensão do token nas últimas horas, que chegou a 93%, aconteceu após a listagem do ONIT na Bithumb, uma das maiores exchanges de criptomoedas da Coreia do Sul. 

Enquanto algumas altcoins desafiam a cautela dos investidores diante do que pode acontecer na macroeconomia, 11 criptomoedas figuram como as mais citadas por  participantes de tópicos do Reddit, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

LEIA MAIS:



Fonte