Capitalização total do mercado de criptomoedas é abalada pela crise do Silvergate Bank

Related articles

Os mercados de criptomoedas tiveram um mês relativamente calmo em fevereiro, com a capitalização de mercado total ganhando 4% no período. No entanto, a pressão regulatória parece estar potencializando a volatilidade em março.

Os touros, sem dúvida, sentirão falta do padrão técnico que tem guiado a capitalização total do mercado de criptomoedas para cima nos últimos 48 dias. Infelizmente, nem todas as tendências duram para sempre, e a correção de 6,3% em 2 de março foi suficiente para quebrar abaixo do nível de suporte do canal ascendente.

Gráfico de 12 horas da capitalização total do mercado de criptomoedas em USD. Fonte: TradingView

Conforme mostrado acima, o canal ascendente iniciado em meados de janeiro viu seu piso de capitalização de mercado de US$ 1,025 trilhão ser rompido depois que o Silvergate Bank, um dos principais bancos utilizados por empresas dos EUA para transferências de criptomoedas, viu suas ações despencarem 57,7% na Bolsa de Valores de Nova York em 2 de março. O Silvergate anunciou ainda “perdas adicionais” e capitalização abaixo do ideal, potencialmente desencadeando uma corrida bancária que poderia levar a situação a uma espiral fora de controle.

O Silvergate fornece serviços de infraestrutura financeira para algumas das principais exchanges de criptomoedas, investidores institucionais e mineradoras do mundo. Consequentemente, os clientes foram incentivados a buscar soluções alternativas ou vender suas posições para reduzir sua exposição ao setor cripto.

Em 2 de março, a falida exchange de criptomoedas FTX revelou um “déficit maciço” de suas participações em seus ativos digitais e moedas fiduciárias, contrariando a estimativa anterior de que US$ 5 bilhões em dinheiro e criptomoedas líquidas poderiam ser recuperados. Em 28 de fevereiro, o ex-diretor de engenharia da FTX, Nishad Singh, se declarou culpado de acusações de fraude eletrônica junto com conspiração de fraude eletrônica e de commodities.

Com o déficit de bilhões em fundos de clientes na FTX e em seu braço baseado nos Estados Unidos, a FTX US, há menos de US$ 700 milhões em ativos líquidos disponíveis. No total, a FTX registrou um déficit de US$ 8,6 bilhões em todas as suas carteiras digitais e contas bancárias, enquanto a FTX US registrou um déficit de US$ 116 milhões.

 

O declínio semanal de 4% na capitalização total de mercado desde 24 de fevereiro foi impulsionado pela desvalorização de 4,5% do do Bitcoin (BTC) e de 4,8% do Ether (ETH). Como esperado, apenas seis das 80 principais criptomoedas tiveram desempenhos positivos nos últimos sete dias.

Vencedores e perdedores semanais entre as 80 principais criptomoedas do mercado. Fonte: Messari

O EOS valorizou 9% depois que a EOS Network Foundation anunciou o o lançamento de sua rede de testes compatível com a Ethereum Virtual Machine (EVM) em 27 de março.

O Immutable X (IMX) subiu 5% depois que o projeto se tornou uma “Solução Verificada Unity”, supostamente permitindo uma integração perfeita com o Unity SDK (Kit de Desenvolvimento de Software).

O DYdX (DYDX) caiu 14,5% enquanto os investidores aguardam um desbloqueio de US$ 17 milhões em tokens em 14 de março.

Demanda por alavancagem está equilibrada apesar da recente correção

Os contratos futuros perpétuos, também conhecidos como swaps inversos, possuem uma taxa embutida que normalmente é cobrada a cada oito horas. As exchanges usam essa taxa para evitar desequilíbrios de risco cambial.

Uma taxa de financiamento positiva indica que os compradores estão demandando mais alavancagem. No entanto, a situação oposta ocorre quando os shorts (vendedores) exigem alavancagem adicional, fazendo com que a taxa de captação fique negativa.

Taxa de financiamento de futuros perpétuos de 7 dias em 3 de março. Fonte: Coinglass

A taxa de financiamento de sete dias está marginalmente positiva para o Bitcoin e o Ether, refletindo uma demanda equilibrada entre comprados e vendidos de alavancagem usando contratos futuros perpétuos. A única exceção foi a demanda ligeiramente maior por apostas contra o preço do BNB (BNB), embora 0,2% por semana esteja longe de ser um nível alarmante.

Proporção de opções de compra e venda reflete o otimismo dos traders

Os traders podem avaliar o sentimento geral do mercado medindo se há mais atividade passando por opções de compra ou opções de venda. De um modo geral, as opções de compra são usadas para estratégias de alta, enquanto as opções de venda têm um viés de baixa.

Uma relação de comprados-vendidos de 0,70 indica que as opções de venda em aberto estão atrás das opções de compra e, portanto, denotam otimismo. Em contraste, um indicador de 1,40 favorece as opções de venda e pode ser considerado pessimista.

Proporção de comprados-vendidos de opções de BTC. Fonte: Laevitas.ch

Apesar de um breve momento em 2 de março, quando o preço do Bitcoin caiu abaixo de US$ 22.000, a demanda por opções de compra de alta excedeu a de opções de venda neutras de baixistas desde 25 de fevereiro. Além disso, a atual proporção de volume de comprados-vendidos de 0,71 mostra que o mercado de opções de Bitcoin é mais fortemente preenchido por estratégias neutras para otimistas que favorecem opções de compra.

Do ponto de vista do mercado de derivativos, o mercado mostrou resiliência. Portanto, os traders de Bitcoin podem não esperar correções adicionais, apesar do indicador de baixa do rompimento do canal ascendente da capitalização total de mercado. O declínio semanal de 4% na capitalização total de mercado reflete a incerteza trazida pelo Silvergate Bank, e é improvável que tenha raízes profundas o suficiente para causar um evento de risco sistêmico.

As visões, pensamentos e opiniões expressas aqui são exclusivas dos autores e não necessariamente refletem ou representam as visões e opiniões do Cointelegraph.

Este artigo não contém conselhos ou recomendações de investimento. Todo movimento de investimento e negociação envolve riscos, e os leitores devem conduzir suas próprias pesquisas ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS

Fonte