Braiscompany ignora pedido para comprovar fundos dos clientes

Braiscompany ignora pedido de solução amigável para devolver fundos de clientes

Related articles

A situação delicada vivida pelos clientes da Braiscompany segue piorando, com a empresa ignorando os pedidos para resolver de forma amigável as demandas dos investidores, assim como de dar maior transparência aos atrasos que se acumulam desde novembro de 2022.

Prometendo lucros no mercado de criptomoedas por meio de serviços de locação de criptomoedas, a Braiscompany expandiu o negócio para vários estados.

Nos últimos dias, após pressão de alguns clientes, o fundador da Braiscompany chegou a marcar uma live com um advogado para comprovar os saldos que ele alega estarem presos na corretora Binance, mas faltou ao encontro.

Clientes são ignorados pela Braiscompany e advogado promete processos para reaver 10 milhões de reais

Representando 30 clientes preocupados com os seus saldos presos desde novembro de 2022, o advogado Artêmio Picanço conversou com o Livecoins. De acordo com ele, desde o início de janeiro de 2023, ele procura a empresa para buscar solucionar extrajudicialmente a situação.

Em um e-mail enviado para a Braiscompany, há 30 dias, o advogado pede respostas concretas sobre os motivos que levaram aos atrasos dos rendimentos aos seus clientes.

Além disso, o advogado pede em sua tratativa de solução amigável que a Braiscompany esclareça aos clientes que finalizaram os contratos, sobre qual a razão que eles não conseguem sacar os valores.

Ou seja, não são apenas os rendimentos de locações atrasados, mas também de fim de contrato, momento que o investimento deveria ser liberado aos investidores.

Braiscompany ignora pedido de solução amigável para devolver fundos de clientes. Documento enviado com exclusividade ao Livecoins.

O problema, segundo o advogado, piorou com o jurídico da empresa ignorando a demanda dos clientes que buscavam explicações.

Após as negativas de resolver os problemas amigavelmente, o advogado Artêmio Picanço declarou ao Livecoins que não resta mais alternativas a não ser acionar o judiciário para garantir os direitos dos clientes. De acordo com ele, os 30 clientes que ele representa já possuem mais de 10 milhões de reais presos com a empresa e não conseguem respostas sobre a falta de pagamentos.

Enquanto clientes agonizam, fundador marca futebol com Ronaldinho Gaúcho e falta em evento

Em Limeira, interior de São Paulo, o fundador da Braiscompany chegou a marcar para este sábado (4), uma partida de futebol contra o time de Ronaldinho Gaúcho.

Para os clientes que sofrem e aguardam respostas, a partida mostra que o fundador da empresa segue patrocinando eventos, mesmo faltando naqueles que poderiam ajudar a esclarecer as dúvidas.

Fundador da Braiscompany marca jogo com Ronaldinho Gaúcho em meio a agonia dos clientes
Fundador da Braiscompany marca jogo com Ronaldinho Gaúcho em meio a agonia dos clientes. Reprodução.

Um dos organizadores do evento é um dos divulgadores da Brais em São Paulo. A partida ocorrida neste sábado, contudo, não contou com a presença do fundador da Braiscompany, ainda que a empresa permaneça como a patrocinadora do evento.

O Livecoins não encontrou os responsáveis pela Braiscompany para comentar sobre os atrasos, mas o espaço permanece em aberto para manifestações.



Fonte