Bitcoin pinta Nasdaq Crypto Index (NCI) de verde com ganhos de 38% em janeiro

Related articles

A alta parabólica do Bitcoin (BTC) em janeiro ajudou o Nasdaq Crypto Index (NCI) a registrar o terceiro maior ganho mensal de sua história, com uma valorização de 38%. O mercado de criptomoedas começou o ano em alta, desafiando as perspectivas pessimistas dominantes no mercado. O Bitcoin e várias altcoins atingiram novas máximas de vários meses à medida que a inflação dos EUA esfriava.

Gráfico mensal do Nasdaq Crypto Index. Fonte: Google

O Nasdaq Crypto Index (NCI) registrou a sua terceira maior valorização mensal desde sua criação em fevereiro de 2021. O índice de criptoativos foi lançado pela gestora de ativos brasileira Hashdex em parceria com a bolsa de valores Nasdaq. O NCI consiste na combinação de oito criptomoedas que têm pesos diferentes na composição do índice: Bitcoin, Ether (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC), Chainlink (LINK) e Stellar (XLM), entre algumas outras.

O BTC tem o maior peso na composição do índice (69,8%), seguido pelo ETH (27,08%). As outras altcoins têm um peso inferior a 1%. Assim, foi o aumento subsequente de BTC e ETH acima de 35% no mês passado que favorceu a valorização do NCI. O peso do índice refere-se à parcela de ações investidas em um determinado ativo digital.

Com um prolongado inverno cripto ao longo de 2022, o Bitcoin terminou o ano em torno de US$ 16.500, enquanto a maioria das altcoins também testou suas mínimas anuais. Muitos especialistas do mercado alertaram que o sentimento de baixa poderia adentrar o ano novo devido à saga em desenvolvimento da FTX. No entanto, o mercado cripto mostrou resiliência e começou o ano em alta, com as principais criptomoedas do mercado registrando ganho de dois dígitos no mês passado.

Em 1º de fevereiro, a coletiva de imprensa do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) anunciou um aumento da taxa de juros de 25 pontos base. O presidente do Banco Central dos EUA (Fed), Jerome Powell, sugeriu que a inflação começou a esfriar na maior economia do mundo. As notícias trazidas pelo Fed soaram como música para o mercado cripto, com o BTC chegando brevemente a US$ 24.000 e a capitalização total do mercado subindo 4%.

LEIA MAIS

Fonte