Investidores do fan token do Santos terão acesso a mais experiências exclusivas em nova iniciativa da Binance

Nesta sexta-feira (24), a Binance anunciou a iniciativa “Binance Fan Club”, que dará acesso a experiências exclusivas aos detentores de fan tokens emitidos pela exchange. O SANTOS, fan token do “Peixão”, está entre os quatro criptoativos escolhidos para iniciar esse novo projeto.

Novas utilidades

O fan token do Santos é o terceiro maior do mundo em valor de mercado, e o maior fan token de um time de futebol brasileiro, apontam dados do Rocket Fan. O SANTOS foi emitido pela Binance e, desde seu lançamento, já valorizou 123%. 

Além disso, conforme comunicado encaminhado ao Cointelegraph Brasil, o Santos tem registrado um dos aumentos mais expressivos de engajamento através de fan tokens. Ao todo, mais de 500 mil pessoas compraram SANTOS e, deste total, mais de 50 mil possuem mais de uma unidade do token.

A participação no Binance Fan Club começa ao reivindicar o ‘Fan Club Pass’ gratuitamente, na página do fan token. Através do passe, usuários coletam ‘Star Points’ após a conclusão de tarefas simples. Essas tarefas incluem aprender sobre fan tokens, participar de pesquisas e de votações.

Ao coletar Star Points, o nível de “fã” do usuário é aumentado, dando acesso a recompensas únicas. O comunicado da exchange menciona videoclipes personalizados de jogadores, jantares exclusivos com os ídolos e ingressos VIP como exemplos dessas experiências.

“Os Fan Tokens são o futuro da interação e iniciamos um novo programa para os fãs de esportes criarem memórias que vão durar toda a vida”, diz Lisa He, chefe de NFT e Fan Token da Binance. 

Além de ser uma forma para os investidores de financiar seu time do coração, o fan token é também uma excelente forma de interagir com o clube, avalia Felipe Escudero, fundador do BitNada e torcedor do Peixe. 

“Com o token do Santos, por exemplo, é possível que um torcedor influencie diretamente em coisas que podem acontecer na transmissão do jogo, ou até mesmo no estádio”, diz Escudero. “Mais do que um investimento, vejo como um token de utilidade, para ter essa interação com o clube. Por isso, acho interessante ver essa nova camada de interação com experiências exclusivas”, completa.

Movimentações com fan tokens

No início de fevereiro, a Chiliz lançou sua blockchain própria, a Chiliz Blockchain. A empresa é emissora de fan tokens de grandes clubes, inclusive do Brasil, como Flamengo, Vasco, Corinthians e Palmeiras.

Ao anunciar sua nova blockchain, a Chiliz afirmou que o movimento tem como objetivo facilitar mais interações através de fan tokens. Será possível que desenvolvedores criem aplicações, NFTs, outros fan tokens, jogos e até mesmo aplicações de finanças descentralizadas (DeFi). 

“Nossa estratégia é continuar a desenvolver a infraestrutura subjacente que pode permitir que essas comunidades criem os produtos e serviços de que precisam e continuar a aumentar nossa rede, para atrair as principais marcas de esportes e entretenimento, os principais desenvolvedores e os fãs mais apaixonados do mundo”, disse Alexandre Dreyfus, CEO da Chiliz, na ocasião.

Leia mais:

Fonte

Related articles