Binance perderá seu parceiro bancário para transferências de moedas fiduciárias no Reino Unido em 9 semanas

Related articles

A Binance está lutando para encontrar um novo provedor de serviços bancários para processar transferências de libras esterlinas em sua plataforma de negociação no Reino Unido depois que seu atual parceiro no país, a Skrill Limited, anunciou que deixará de fornecer seus serviços para a exchange de criptomoedas no futuro próximo.

A Binance explicou em um e-mail enviado em 13 de março para os “Binancians” que em 22 de maio a Skrill pararia de processar depósitos e saques em libras por meio de cartões e transferência bancárias com seu “Serviço de Pagamentos Mais Rápido”.

“Lamentamos informar que nosso parceiro fiduciário para a GBP, Skrill Limited, nos informou que deixará de oferecer seus serviços fiduciários, ou seja, depósitos e saques via cartão e a solução Faster Payments, para usuários da Binance”, dizia o comunicado.

E-mail da Binance para seus usuários britânicos sobre a suspensão do serviço de transferências de GBP. Fonte: Twitter

A plataforma de negociação acrescentou que está “trabalhando duro para encontrar um provedor alternativo” para fornecer serviços de entrada e saída de libra britânica aos seus usuários locais o mais rápido possível.

A Binance tem cerca de nove semanas para encontrar uma alternativa antes que a Skrill encerre seus serviços.

A Binance, no entanto, confirmou que a mudança não afetaria as contas dos usuários ou quaisquer produtos ou serviços da Binance.com.

Um porta-voz da Binance disse ao Cointelegraph que as transferências de libras foram suspensas em 13 de março para novos usuários e que os usuários ainda poderão acessar seus saldos de libras nesse meio tempo:

“Essa mudança afeta menos de 1% dos usuários da Binance. No entanto, sabemos que esses serviços são valorizados por nossos usuários e nossa equipe está trabalhando duro para encontrar uma solução alternativa para eles.”

“Enquanto isso, todas as formas de depósito e retirada de outras moedas fiduciárias, bem como a compra e venda de criptomoedas na Binance.com permanecem inalterados, incluindo transferências bancárias usando  outras moedas fiduciárias suportadas pela Binance e compra e venda de criptomoedas diretamente via cartão de crédito ou cartão de débito”, acrescentou o porta-voz.

Passo a passo para depositar GBP na Binance. Fonte:Binance.

Este não é o único dilema relacionado a provedores de serviços bancários com o qual a Binance tem lidado ultimamente.

A Binance suspendeu temporariamente as transferências bancárias em dólares em 8 de fevereiro, mas não forneceu esclarecimentos sobre o motivo, dizendo apenas que trabalharia para reativar o recurso o mais rápido possível. Na época, a suspensão não se aplicava à entidade independente da exchange baseada nos EUA, a Binance.US.

Em 21 de janeiro, a Binance também anunciou que seu principal parceiro bancário – o agora fechado Signature Bank – proibiria transferências em dólares abaixo de US$ 100.000 na plataforma de negociação da exchange. Este serviço foi encerrado em 1º de fevereiro.

A Binance anunciou em 23 de janeiro que os usuários da exchange em 143 países não teriam mais acesso ao canal SWIFT de depósitos e retiradas em dólares.

Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, França e Alemanha foram alguns dos poucos países que fizeram o corte.

O Cointelegraph procurou a Paysafe, empresa controladora da Skrill, para comentar o assunto, mas não recebeu uma resposta imediata.

LEIA MAIS

Fonte